DISIDROSE

          Olá!

          Vim falar sobre uma doença bem chatinha, a DISIDROSE.

          Essa doença apresenta pequenas vesículas nas mãos e pés. Ela é mais comum durante o verão e é acompanhada de prurido, excesso de suor (hiperidrose) e descamação.
          Eu tenho desde pequena, mas só fui descobrir seu nome e tratamento este ano, quando ela veio muito forte.

        O que dificultou um pouco eu perceber que poderia ser disidrose, foi o fato de que as bolinhas que se formavam em minhas mãos eram secas, ou seja, não formavam bolhas com líquido dentro, que pudesse chegar a estourar. O que formava eram bolinhas vermelhas, sensíveis ao toque, que coçavam. Eu sentia uma espécie de ardor e dor. É uma sensação muito difícil de descrever. Quando a disidrose ataca, minhas mãos suam muito, ficam vermelhas e todas pintadas. Fica difícil até pra pegar objetos e tocar nas coisas, pois o desconforto é inexplicável.

          Depois de umas 2 semanas passando por isso, resolvi ir ao dermatologista e ele confirmou o diagnóstico de disidrose. O tratamento foi tomar um anti-alérgico potente, usar uma pomada tópica com corticóide e muita hidratação com um hidratante que tivesse uréia.

         Aqui estão algumas fotos das minhas mãos com disidrose. Achei importante fotografar e postar aqui, porque as fotos que achava na internet, não demonstravam exatamente o meu caso.

IMG_0720

IMG_0764

IMG_0773

          A pomada que usei, e longe de eu indicar à vocês porque cada caso é um caso e eu não sou médica, foi a halobex. Eu passava antes de dormir e massageava a mão para absorver o máximo possível. Era ruim pra dormir, mas nada demais. Durante o dia eu usava, e ainda uso, o hidratante Ureadin creme, 20%.  O cheiro do creme não é muito agradável, mas isso por causa da alta concentração de uréia, que é exatamente o que faz o creme ser tão hidratante, o que ajuda muito na disidrose.

        Por fim, uma coisa que usei bastante foi o permanganato de potássio. Eu fazia 1 a 2 vezes por dia o banho nas mãos, colocava 1 comprimido em uma bacia com uns 3 litros de água quentinha e ficava uns 20 minutos com as mãos de “molho”. Depois de alguns dias, mais ou menos 3 dias fazendo todo esse tratamento, comecei a perceber melhora. Minhas mãos começaram a descamar, o que é normal, e posso dizer que toda a pele da palma da mão e dedos foi trocada por uma lisinha e sem sinal das bolinhas e bolhinhas.

          Todo esse combo foi o que me salvou, porque o desconforto estava insuportável.

        O fato é que demoram alguns dias pra todos esses medicamentos reagirem, mas todos eles foram essenciais para a cura dessa “crise” de disidrose. Mas mesmo depois de haver melhora, a hidratação tem que continuar, porque vai ajudar a evitar uma possível e certeira recidiva.

          Espero poder ter ajudado vocês, que sofrem disso e às vezes possuem outras características, assim como eu.

       Vale lembrar que a disidrose também é muito ligada ao estresse emocional, então uma prova difícil, um desentendimento, uma situação de estresse no trabalho, tudo isso conta para o aparecimento e para a piora desta doença chata. O jeito é fazer todo o tratamento, ter paciência e tentar relaxar, mesmo quando suas mãos parecerem estar pegando fogo e mesmo quando você achar que está calma, pois algum motivo deve ter influenciado além do clima quente.

          Beijos!

 

Deixe um comentário

51 Comentários

  1. jhonata

     /  7 janeiro, 2013

    me encaixo no seu perfil…mas achu q a minha disidrose…. q descobri q tenho isso de tanto pesquisar…esta ligado ao meu stress…fator emocional…vou ver se tem cura msm com meu emocional geralemtne estando abalado…..sou um cara com emocional dicifil…mas sua descricao e fotos…se encaixam perfeitamente..obrigado…

    Responder
    • kaisagabriela

       /  11 janeiro, 2013

      Oi jhonata, obrigada por deixar seu comentário!
      Então, acredito que a crise de disidrose, todas as vezes, é desencadeada pelo fator emocional, mas mesmo estressada ou abalada é possível tratar e melhorar. É como eu disse no post, usar o hidratante com ureia, o creme com corticoide e o banho de permanganato. Tudo isso junto dá resultado, mas precisa ter calma, senão a gente pira com os sintomas né?! Beijos!

      Responder
      • jhonata

         /  12 janeiro, 2013

        vc eh uma pessoa estressada?gostaria de saber se vc ja esta curada…eu estava em crise quando escrevi meus comentarios, n sou mt fan de medicos, isso eh um problema, me considero auto suficiente, n sei ainda se eh um defeito ou qualidade, gosto de tentar resolver a minha maneira as coisas, tentei apostar em acaba com meu stress ai eu acabo com a doenca, teve vez q minha mao viro um pao… e eu n conseguia andar sem ser de chinelo bem macio, vc tentou algo sem ser medicamentos ? se tentou pelo visto n deu certo neh, pois vc acabou por usa-los, tou tentando busca meios de ficar calmo, exercicios academia, livros, estou me policiando…e hj achu q a crise esta indo embora ou ja foi.. beijos

      • kaisagabriela

         /  13 janeiro, 2013

        Olá! Então, eu não sou estressada, eu sou ansiosa! A minha crise de disidrose já passou faz um bom tempo. Desta vez eu usei todos esses remédios porque foi a pior crise que eu já tive, mas das outras vezes elas passaram sozinhas. Acho que tudo vai depender da intensidade da crise.
        O que temos que ter em mente é que a probabilidade de ela voltar é grande, mas sabendo como tratar já nos dá um alívio imenso né!
        Se você conseguir curar sua crise só relaxando e mantendo a calma será maravilhoso, é claro, mas no meu caso, eu já não conseguia manter a calma, minhas mãos estavam numa situação caótica. Mas com certeza driblar o emocional é a maior chave pra disidrose não voltar, e se voltar, vir bem mais amena.
        Beijos!

  2. jhonata

     /  7 janeiro, 2013

    acabei de v q a autora do post eh estudante de direito… vc redigiu bem…vou comecar a fazer direito tb…tou com 25….e essa doenca surgiu tem 2 anos…mas achu q n vou procurar um medico…e sim paz interior….e sem te conhecer te agradeco de novo…vc ajudou mt…pq as fotos q via realmente n condiziam com o meu caso em especificico…e ela me ataca soh quando meu stress vem a tona…e nesse momento n tou cv com meu irmao…tivemos uma dircussao …e n estamos nos falando…dai ela reapareceu depois de um tempo…obrigado novamente…beijos

    Responder
    • kaisagabriela

       /  11 janeiro, 2013

      Olá! Estou no último ano de Direito, acho que você irá gostar muito do curso!
      Quanto à disidrose, o jeito é tentar relaxar, mas não estou dizendo relaxar especificamente quanto ao seu estresse e sim quanto aos sintomas da disidrose, porque realmente nos deixam malucas!!!
      Que bom que pude ajudá-la, realmente as fotos que procuramos não mostram exatamente o que nós temos, por isso quis colocar as minhas…
      Um beijo e obrigada por comentar!

      Responder
  3. CRIDINHO

     /  20 janeiro, 2013

    EU SOFRO COM ISSO A ANOS MAIS FAZ 2 ANOS QUE UMA DERMATOLOGISTA RECEITOU UMA POMADA COM URÉIA MELHOROU MUITO ELAS SOMEM SÓ APARECEM NA ÉPOCA DE MUITO CALOR OU QUANDO ESTOU MUITO ESTRESSADO VALEU

    Responder
    • jhonata

       /  23 janeiro, 2013

      hahahaha…ansioda de mulher = stress de homem…rrsrs…a minha apareceu talvez pelo fato do calor….mas tenho conseguido ficar mais calmo….isso me ajuda mt….CRIDINHO…vc parece sofrer mais ou menos = a min com as crises…qual pomada vc usou? beijos pra criadora do topico…abraco

      Responder
      • kaisagabriela

         /  3 fevereiro, 2013

        Então, eu usei a pomada halobex, ela tem corticoide e foi crucial pra minha crise melhorar, ela é bemmm potente!
        Obrigada por comentar!

    • kaisagabriela

       /  3 fevereiro, 2013

      É, a época de calor + estresse é = a uma baita crise de disidrose! Mas a hidratação é realmente importante pra que a disidrose não volte, ou se voltar, que volte mais amena!
      Obrigada por passar por aqui!

      Responder
    • Geilza

       /  20 junho, 2016

      Meu Dermatologista disse que não tem cura e é necessário fazer o tratamento contínuo

      Responder
  4. Patricia

     /  30 janeiro, 2013

    Olá, achei seu site ontem.
    Achei otimo o fato de ter fotos diferentes do que costumo pesquisar, pois os meus sintomas também são diferentes como os que teve.
    Nq realidade,nem começou com essa super sensibilidade, vermelhidão, etc.. Começou com a ponta dos dedos ultra ressecados, mas com vincos tipo de mão murcha de muito tempo na água(só dois dedos, depois passou pra três e quatro da mesma mão). Achei que era só um super ressecamento, por causa da faxina que tinha feito na casa, e segui hidratando com cremes normais de corpo. Isso foi em outubro/2012.
    Depois o quadro foi evoluindo e se alternando, chegou a um quadro como o que descreveste, passou por um periodo de ultra ressecamento e fissuras bem feias com a pele tri dura e grossa até um bolinhas como as que descreveu, que dificultavam até pegar objetos e depois elas com pontinhas amarelas bem mais salientes. Procurei dermato e já usei dois corticoides diferentes, sem muito resultado, só essa alternancia de quadros, até que resolvi me auto medicar.
    Por hora to usando quadriderm, foi o que controlou o último surto, regrediu o quadro e fechou as fissuras. Uso tbm outro produto, “skimatix Ultra” que tbm ajudou a recuperar a pele e fechar as fissuras.
    Só que ainda não é o ideal, pois já diminui a frequencia do quadriderm, mas se paro total começa a voltar, além de que, mesmo usando isso, meus dedos não doem mais, não tem bolinhas, mas seguem com “cara” de dedo murcho” com riscos no sentido do dedo, como chão do deserto, sabe? Sóque fechado. Nem tenho mais digital.
    Vou tentar esse tratamento que fizeste, já vinha pesquisando e vi a dica da ureia e do permanganato.
    Vou tentar depois retorno.
    Abração

    Responder
    • kaisagabriela

       /  3 fevereiro, 2013

      Que bom que você encontrou o blog!!
      Pois é, a verdade é que a disidrose pode se manifestar de várias formas, mas tente este tratamento que eu fiz, tenho certeza que irá ajudar, o permanganato, a pomada e o creme são três aliados dessas crises…
      Espero que você melhore logo e definitivamente e não deixe de usar sempre um creme com alta porcentagem de ureia!
      Beijo!

      Responder
  5. Catia

     /  25 fevereiro, 2013

    Mas o permaganato não deixa a pele da gente toda avermelhada????

    Responder
    • kaisagabriela

       /  28 fevereiro, 2013

      Na verdade ele deixa a pele meio alaranjada. Mas é só lavar bem as mãos depois que logo logo sai. Eu aconselho que enquanto estiver na crise de disidrose, usar sempre sabonete de glicerina, tanto para banho como para lavar as mãos somente, pois o sabonete de glicerina agride menos a as mãos. Os outros podem causar mais ardência e coceira, já o de glicerina não.

      Responder
  6. Eu tenho este problema ha uns seis meses,descobrir que o creme dermocorte a base de cetoconazol+dipropionato de betametazona e otimo para essa tal desidrose.

    Responder
  7. Eu acho q todos que temos isso temos que nos acalmar mais,pois essa coisa e horrivel,entao boa sorte para nois todos.

    Responder
  8. Maria

     /  3 abril, 2013

    Oi meu nome é maria e minha filha eduarda tem 3 anos e é atópica, sofre de alergias, e tem esses sintomas parecidos com os seus, mas o dela ataca mais os pés bem na sola, cria um inchaço quente e vermelho , soa bastante e algumas manchinhas vermelhas como se fossem pequenas ínguas, infelizmente, o dermatologista dela ainda não conseguiu ver as danadas no pé porque sempre que aparecem , ele não esta no consultório. Mas foi bom ter uma ideia do que possa ser pois suas fotos são bem parecidas com as dela.

    Responder
  9. Tenho desidrose, sofri por longos e intermináveis anos. Um dia lembrei, que em tempos idos, um colega de trabalho, tinha essa doença, ele recorreu a muitos médicos e um lhe disse: – Há mais de cem causas para a tua desidrose, tens que procurar saber o que te faz mal. Ele passou a investigar, deixando de comer uma coisa de cada vez. Curou-se quando deixou de comer tomates.,Faça isso e talvez seja o seu caso. Boa sorte.

    Responder
  10. Jorge

     /  21 junho, 2013

    Tenho a mesma coisa , descobri a 3 semanas e ja fui no dermatologista e mandou passa a mesa coisa que vc usou, mas por enquanto não adiantou, vou tentar o permanganato pra ver se resolve.
    Obrigado

    Responder
  11. Nélio

     /  4 julho, 2013

    Olá a todos, também tenho esse problema já há alguns anos. Agora no verão (sou da Madeira, Portugal) fico com as mãos cheias de bolhas, não dá comichão mas fico com as mãos muito feias…já fui ao médico, ele diz que não há cura, tenho de viver com isto para o resto da vida😦 grrr. Mas é engraçado que só com o tempo quente é que aparece

    Responder
  12. Mile

     /  2 outubro, 2013

    Olá, também tenho a disidrose, mas a minha só aparece nos dedos polegar e indicador em forma de bolhinha e depois seca, descamando e deixando a pele bem sensível, mas sem pruridos nem pus. É um sintoma mesmo do stress, sempre que passo por momento de stress, ele aparece. Fui ao dermatologista e ele me indicou o creme Desonol (desonida 0,05%), sinto que ele impede que a bolhinha se espalhe muito, contendo mais a descamação, mas se já tiver descamado, ele já não resolve muito. Com isso, hidrato bastante as mãos. O importante mesmo é manter-se sempre tranquila, sem stress!!!!!

    Responder
  13. eu também tenho, o que me alivia é uma pomada da dermatologista me recomendou clobetasol 0,05% creme 60 g gasto em um mês ou menos, agora no verão está descamando, mas por enquanto nao fez bolinhas, mas nao abandono o creme. também tenho que evitar detergente, qualquer tipo de sabão ou sabonete, pó, e até o xampu e o stress ajuda (negativamente). Mas o jeito é tentar sempre usar o creme que a dermatologista recomenda, um abraço a você e a todas suas leitoras e força!!! não estamos sós.

    Responder
  14. jonothas

     /  6 dezembro, 2013

    galera acho que estou curado, ehehhee, esperar final do ano pra ter certeza, abracos!

    Responder
  15. renata

     /  26 março, 2014

    Tenho essa praga de Desidrose ha + de 20 anos hoje tenho 37 e ja fiz de tudo passei por varios medicos, fiz farias pesquisas e infelizmente nao existe cura , mas o que mais da resultado (no meu caso) é o uso do creme PSOREX. . . atualmente estou numa fase que a desidrose esta em todos os dedos e palma das maos. . . fico quase louca de tanta coceira, chego a perder o sono de madrugada por tanta coceira, sem contar que a mão fica com aspecto horrivel. . .espero poder ver a cura dessa praga . . .

    Responder
  16. milena

     /  21 junho, 2014

    Há cerca de hum ano sofro desse mal, que começou depois de uma serie de crises de alergias. Com o tempo fui identificando algumas coisas que desencadeiam as crises, tipo: produtos de limpeza e estresse. Também já usei vários medicamentos mas o que mais me trouxe resultados foi o PSOREX creme. Vou tentar agora tratar com “tintura mãe de calêndula” que e antisséptico , se funcionar eu conto pra vocês.

    Responder
  17. Igor

     /  4 julho, 2014

    Olá, primeiramente parabéns pelo blog Kaisa, sofro com isso desde que nasci, além de ter varias pessoas da minha família por parte de mãe q apresentam o mesmo problema. O engraçado é q minha mãe é Medica especialista em alergia, ela me disse, no meu caso que é de origem genética, mas a principal causa é a má alimentação que vem como um cofator para a ocorrência da doença, sei que essa resposta não soa muito bem, pois n especifica uma solução, porem acredito fielmente q esta e outras doenças a qual somos submetidos ocorrem ou se agravam e decorrência de uma má alimentação, então antes de tudo, se cuidarmos de nossa saúde no geral com uma alimentação saudável e exercícios físicos teremos uma melhora tanto na parte mental como na parte física.
    Bom, há anos n sofro mais desse mal, atualmente evito ao máximo consumir produtos industrializados e tento escolher alimentos com procedência conhecida. Sou agrônomo e vai uma conselho, quando vc ver uma fruta visualmente “perfeita” cuidado, pois quanto mais bonita, maior a possibilidade de estar contaminada com uma alta qtde de defensivos agrícolas, já q produzir uma fruta sem ou com poucas imperfeições no sistema orgânico é quase impossível ou economicamente inviável.

    Responder
  18. Izabela

     /  10 agosto, 2014

    Tenho disidrose há 3 anos, são varias etapas( coceira, ficam ressecadas e racham entre as unhas), já tenho digital na minha mão direita. Durante estes 3 anos uso luva de cozinha, creme luva de silicone e nada disso resolve muito, resolvi procurar uma dermatologista e ela me passou Ureadin 20 e disse que para usar varias vezes ao dia, falei para ela que sou muito ansiosa, ela disse que não tem nada haver com estresse e ansiedade, que era para ficar longe das tarefas de casa que entre em contato com sabão e que luva não adianta nada. Estou usando a pomada há 3 dias e não vi muita melhora, ela hidrata como a luva de silicone. Aguardo que este creme surta efeito. Parabéns pelo Blog.

    Responder
  19. Olá, estou atravessando esse sintoma, e vem todo ano sempre aumentando cada vez, nas mãos em cima, a pele escama e coça muito, acho que é essa disidrose, obrigado pela dica.
    Abração!

    Responder
  20. Eu tenho sempre no verão, antes era somente nas mãos e agora que o tempo está esquentando além das mãos tem aparecido nos meus pés também. São pequenas bolhas avermelhadas e sempre que estouram sai um liquido incolor e a pele fica seca. Vou procurar um dermatologista pois isso já esta incomodando.

    Responder
  21. Carolina

     /  26 fevereiro, 2015

    Olá! Muito obrigada por este post esclarecedor! Sempre tive disidrose nos pés, mas do tipo escamativa, que formavam bolhas, agora, desde janeiro estou com pintinhas nas palmas das mãos, elas são lisas, não tem bolhas, fui na minha dermatologista que cismou que seria uma alergia medicamentosa… sendo que não tomo remédio faz tempo, tenho alergia a tylenol, uma alergia horrível e por isso nem tomo ele! Tirei chocolate, adoçante, coca zero, laranja e de nada adiantou, não modifiquei em nada meus hábitos, fui a um alergista que achei péssimo inclusive, que disse que poderia ser alergia medicamentosa… voltei a dizer que não estava tomando medicamento, mas acho que ele fingiu que não viu… agora vendo suas fotos percebo que tenho a mesma coisa… e o meu coça pela manhã, ou se acordo de madrugada, arde só de tocar no metal! péssimo! estou tomando anti alérgicos, mas detesto pq me deixam meio irritada, agora lendo o seu post, gostei das dicas das pomadas… obrigada e espero que já tenha passado para vc!!

    Responder
  22. Cristiane

     /  18 março, 2015

    Acabei de ler seu post sobre disidrose e ele me deixou muito mais calma, fui diagnosticada faz uma semana, mas já sofro desse problema desde setembro do ano passado e tenho ficado cada vez mais estressada por não achar uma solução …
    Sei que é uma dermatite crônica, mas não estou conseguindo nem o controle, uso pomadas, já tomei comprimidos à base de corticóide sempre com orientação médica e nada!
    Agora vou perguntar sobre o tratamento que você fez para minha dermatologista e ver se ela concorda em tentar, pois não aguento mais, quase 7 meses direto com bolhas nas mãos!
    Obrigada pela forma como abordou o assunto e descreveu seu tratamento, me ajudou muito mesmo!

    Responder
  23. Máira

     /  3 novembro, 2015

    Estou com desidrose, pior que o médico me diagnosticou com sarna rs. Estava usando sabonete contra sarna e bebendo remédio para sarna, até que resolvi parar com tudo e procurar na Internet algo sobre as bolhinhas d’água que estavam aparecendo em minhas mãos e juntas.Descobri pela internet que estava com desidrose e comprei a pomada que o povo recomendava a tal de Diprosalic, para mim não resolveu nada, só engordurou e esquentou minhas mãos.Peguei a pomada de alergia da minha mãe , a tal de DESONOL e estou sentindo melhora, sem contar que ela tem alto poder de absorção e não deixa minha mão engordurada.

    Responder
    • kaisagabriela

       /  3 novembro, 2015

      Máira, pois é, dididrose é fogo viu. Essa semana passada a minha atacou e fiz exatamente o tratamento que postei aqui, dessa vez a crise foi mais nas pontas dos dedos, mas agora já está passando, o halobex é tiro e queda e o hidratante com ureia também, como dessa vez não tinha o ureadin, usei o iso-urea da la roche e funcionou muito bem. Espero que sua crise passe logo, porque ninguém merece ficar nessa situação né, chega a ser desesperador. Um beijo pra vc e boa semana!

      Responder
  24. Gisele Almeida Mota

     /  1 dezembro, 2015

    Eu tive, e a um mês estou muito feliz porq meu alergista me passou a injeção Betatrinta e a pomada Novacorte e pronto cm 3 dias tudo mudou na minha vida, fim d coceira, dor e constrangimento. Graças a Deus hoje estou curada desse mal q me perseguia a tanto tempo. Bjo pessoal

    Responder
  25. Gustavo

     /  10 janeiro, 2016

    Olá, tudo bem? Eu também estou sofrendo desse problema chato, só que na porta dos dedos. Você disse que tomou um antialérgico potente, qual é o nome desse antialérgico?

    Responder
  26. MONALIZA

     /  19 janeiro, 2016

    Tenho uma dúvida me ajude por favor, as minhas bolhas sao secas e nao tem liquido tbm, mas não sao vermelhas e sim amarelas com aparência de calo seco, racham e coçam, sem falar da dor. Sera q é o mesmo caso?

    Responder
  27. marcelo ricardo

     /  28 janeiro, 2016

    Oi tenho desidrose nos pés e gostaria de saber de um especialista??

    Responder
  28. Bianca

     /  11 abril, 2016

    tenho disidrose já faz uns 10 anos porém, tive uma pausa de uns 4 anos entre os episódios.
    Mudei faz um ano de cidade, e onde estou atualmente é um calor absurdo, com temperaturas ultrapassando 35ºC diariamente e foi aí que percebi que elas só surgem no calor.
    Até então eram pequenas bolhas transparentes nas pontas dos dedos dos pés, mas agora elas se juntam e formam uma bolha maior ainda. Ultimamente, além de se juntarem, elas ficam doloridas e com pus dentro. Devam e forma uma casca grossa, podendo até formar feridas.
    Já não sei mais o que faço. Vou comprar essa pomada e ver no que dá.
    Pior que quando fui na dermatologista ela desdenhou e falou que era só passar um “creminho” que sumia.
    Obrigada pelo post🙂

    Responder
  29. José

     /  11 abril, 2016

    Nossa, seu problema é o mesmo que o meu! Tive esse em novembro de 2014 pela primeira vez, e foi a mais forte, minhas mãos começaram com as bolinhas vermelhas, depois de alguns dias, as manchas ficaram maiores e no fim, elas começaram a ressecar, ficou muito feia a minha mão, tipo aquelas imagens que agente vê na internet quando via procurar pelo caso. É uma pena que não encontrei este post antes, fui a um médico dermatologista que não conseguiu reconhecer a princípio, porém me receitou medicamentos que fez aliviar os sintomas. Até hoje ainda tenho esse problema, porém não vem tão forte quanto na primeira vez, apenas bolinhas, iguais a da foto, algumas até ressecam e ficam amarelas e depois descascam. Com esse post agora vou a um médico pedir para analisar sobre o real problema. Ajudou bastante!!!

    Responder
  30. Máira

     /  16 maio, 2016

    Gente estou fazendo tratamento com o comprimido cloridrato de terbinafina, tava melhorando, mas me parece que por conta de eu ter comido tomate piorou.Não sei o que fazer tenho disidrose desde setembro de 2015 e já estamos em maio e eu não sarei.

    Responder
    • kaisagabriela

       /  16 maio, 2016

      Máira, você deve ser bastante ansiosa e fica mais nervosa quando as coisas não dão certo rápido, não é? Porque a disidrose é uma situação em que você precisa ficar tranquila pra melhorar, mas pelo fato de não melhorar rápido, você fica mais nervosa e aí a situação piora…
      Tenta fazer o que o post diz, use o permanganato de potássio pra fazer banhos nas mãos, hidrata com um hidratante com ureia, pode ser o ureadin, é muito bom e a concentração de ureia é maior, o que promove uma melhor hidratação, bem como utilize uma pomada tópica mais potente… não posso te indicar, porque não sou médica e seria uma irresponsabilidade da minha parte, mas converse com outro dermatologista, eu utilizei a halobex e posso dizer que é sensacional…. no mais, muita paciência, pensamento positivo, que uma hora passa, mas é uma associação de inúmeros tratamentos pra que a crise passe o mais rápido possível. Espero que a sua disidrose melhore o quanto antes! Beijos!

      Responder
  31. Me chamo Neuza, tive isso pela primeira vez na minha vida, esse ano 2016. Tomara que nem seja disidrose, pois não estamos mais no verão e minha crise esta séria. Usei Quadriderme pomada; Nebacetim; Acetato de dexametasona; Clob X spray por sinal bem caro e Tock N. Nada resolveu as bolhinhas somem de um local e começam novas em outro. Tinha lesões nas pernas e braços, além das bolhinhas nas mãos e agora estou com as costas cheias de bolhinhas. Usei o Celestamine e ou Loratadina para a coceira, mas resolveu pouco. Parece que em mim é pior. Vou tentar fazer acupuntura para minha ansiedade e estresse e se resolver comento aqui. Lavar com permaganato também tentei só fiquei com a pele manchada feia demais, isso porquê não deixei cair nas unhas, que ficam roxas horríveis. Passei por 2 dermatologistas 1 alergista e 1 clínico geral e nenhum deles acertou, só gastei o que não tinha para tantos remédios que nada fizeram, e isso aumenta o estresse de qualquer um né? Abraços a todos, pelo menos sei que não é só comigo que as coisas acontecem. kkkk

    Responder
  32. Junior

     /  16 agosto, 2016

    Exatamente como a minha mão está! Obrigado! 😘

    Responder
  33. Sonia Maria Gazzo Albertini

     /  19 agosto, 2016

    Oi pessoal tenho desidrose há anos e a história de todos que eu li aqui tem um fundo de stress e foi isso que o médico me disse, eu sou anciosa e preocupada com tudo, e o pior ,eu tinha insônia, dormia muito pouco e mal. Uma amiga me falou da Melatonina que é um hormônio do sono, comprei pelo site Vitaminas Brasil , é de 3 mg, passei a dormir muuiiiito bem e minha desidrose sumiu . Tenho certeza que foi isto que me curou pois não usei nada além disso, há tempos usei muitas pomadas mas cansei e desisti. Só para esclarecer a Melatonina não é tarja preta, estou super bem. Pesquisem sobre isso, quem sabe está aí a cura da sua desidrose. Beijos a todos.

    Responder
  34. Ana Beatryz Prenzier Suzuki

     /  23 agosto, 2016

    Olá, as bolinhas apareciam principalmente nas palmas das mãos? Ardiam o tempo inteiro ou tinha períodos do dia que ardiam mais? Eu tenho bolinhas muito parecidas nas palmas das mão e a ponta dos meus dedos esta totalmente descamando. Tenho foto mas não tenho como enviar por aqui.
    Obrigada

    Responder
  35. Sonia

     /  24 agosto, 2016

    Outra coisa que não falei é que além da desidrose eu também tinha arritmia cardíaca e foi justamente com a Melatonina que passou tudo. Com certeza estas doenças são de fundo emocional, insônias, stress.Espero ter ajudado. E fiquem com Deus.

    Responder
  36. Priscilla

     /  27 agosto, 2016

    Eu deacobri esse problema ano passado que me deu duas vezes..fui na dermatologista mas como ja tinha melhorado bastante ela disse q podia ser dermatite de contato..mas minhas maos ficam exatamente iguais a sua..ela simplesmente ignorou os sintomas que relatei e nem voltei mais com ela..usei uma pomada chamada tacrolimus mas como já tinha passado a crise larguei a pomada de lado..foi exatamente em agosto do ano passado e agora na mesma data deu de novo e uma crise bem mais forte…tou usando hidrogel que alivia bastante a coceira..tbm uso permaganto..começou nos dedos agora espalhou pra palma das mãos..vou comprar essa pomada que vc usou pq ta dificillll

    Responder
  37. Priscilla

     /  27 agosto, 2016

    Ops..errei o nome do hidratante que ela me passou é o fisiogel e nao hidrogel rsrsrs

    Responder
  38. Marcelo

     /  29 agosto, 2016

    Bom dia. O meu caso assemelha-se com muitos relatos que li por aqui, então achei interessante descrevê-lo. Começou no início do ano, acho que em fevereiro, com uma coceira entre os dedos (médio e anelar) e pequenas manchas vermelhas. Achei que fosse uma alergia que tenho nas mãos, geralmente quando espremo limão, que se não lavar muito bem depois, ocorrem estas coceiras que logo desaparecem. Como o tempo, percebi que não se tratava deste problema que tenho, pois a coceira não sumia, pelo contrário, foi se alastrando, espalhou-se pelos dedos e palma da mão (com o aparecimento das bolhinhas e coceira). Fui até uma dermatologista, que olhou minha mão e logo concluiu que era infecção fúngica. Ela me receitou a pomada ICADEN e o comprimido Fluconazol, para fazer o tratamento por 2 meses. Fiquei este período tratando com estes remédios, e não percebi nenhuma melhora, pelo contrário, piorou a situação. Voltei na dermatologista, relatei que não estava resolvendo, e ela me pediu pra continuar com o tratamento por mais 2 meses, alegando que era demorado mesmo. Continuei então o tratamento, e após mais 2 meses, novamente nada de melhora, com a situação piorando e o negócio se alastrando pela palma da minha mão. Procurei outro médico para fazer o diagnóstico, que me pediu uma biópsia. O resultado confirmou que não se tratava de infecção fúngica, e sim algo relacionado a alergia. Ele me receitou então o creme VERUTEX-B, para utilizar por 10 dias. Melhorou a situação, achei que dessa vez o problema iria desaparecer. Utilizei por umas duas semanas e assim que deixei de usar percebi que o problema continuava… as bolhinhas voltaram novamente. Continuei passando o creme, que agora alivia mas não resolve. Não sei mais a que ou a quem recorrer, pois procurar médico, que deveria ser a opção mais correta, não está resolvendo minha situação. Todos os sintomas do meu problema me leva a acreditar que estou com a tal disidrose, ao comparar com muitos relatos daqui. A causa ainda não tenho ideia do que pode ser… No entanto, anotei os nomes de todos os medicamentos mencionados aqui, e acho que vou arriscar alguns deles. Vi muitos elogios ao HALOBEX e os cremes a base de uréia. Acho que vou me arriscar neste halobex e talvez UREADIN pra ver no que dá, pois já estou perdendo a paciência e não estou nem um pouco a fim de procurar outro médico.

    Responder
    • Gustavo

       /  29 agosto, 2016

      Cuidado com o Halobex que é um corticóide muito forte que, usado por muito tempo sem controle, pode comprometer seriamente seu sistema imunológico. O meu caso não é tão sério, mas também é de difícil controle. Procure seu dermatologista e pergunte sobre a injeção de DIPROSPAN que poderá interromper a fase aguda desse processo e reiniciar o tratamento com outra medicação.

      Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: